sábado, 30 de julho de 2011

video
  • HOMINI LUPUS HOMINI
Até onde vai a maldade humana? Não sei, de verdade que não...

Este jovem cidadão nigeriano, tendo cometido um roubo, foi linchado da forma que se vê. Esta é a mob cidadã. O Governo da Nigéria, e as autoridades judiciais nigerianas, fecharam os olhos à esta barbaridade. Seja de onde for, Justiça deve ser clamada por este homem. Por isso edito aqui esta monstruosidade. Um pecado, qualquer delito (ainda menos um contra o património) não pode ser expiado desta forma. Esta é uma cidadania homicida, o espelho de uma sociedade troglodita em que a criminalidade urbana não se encontra devidamente controlada e em que a violência é um vírus endêmico e multiplicador.

Começa-se queimando carros, simbolicamente, e acaba-se queimando homens. Tudo tem o seu início, o seu germe. Não existe combustão expontânea no plano social.

Esta hedionda situação lembra-me um vizinho, dono de um estabecimento comercial  que, depois de ser assaltado várias vezes por jovens deliquentes (já nem se dá ao ttrabalho de ir à PSP apresentar queixa ou dar notícia do crime), no outro dia, dizia-me com aspecto de vingador descrente na ordem social e na Justiça:
- Dr., um dia destes mato um!

Aconselhei-o. E renovo periodicamente o conselho. A verdade é que, em todas as dimensões da vida social, o homem é cada vez mais o que Thomas Hobbes dizia: homini lupus homini, o homem é lobo do homem. E os lobos estão aí... por vezes sob a forma de cordeiros comendo-nos silenciosamente, por acção ou por omissão. Homicidas e incendiários há-os de tods todos os tipos.

2 comentários:

mrvadaz disse...

Virgílio,

Este vídeo é violento! Eu tive pesadelo esta noite de que sofria assalto e delinquência juvenil em Nova York, vim cá e deparo com este vídeo?

Condeno essas atitudes bárbaras e selvagem. Credo!, nem acredito que ninguém teve a coragem de intervir. Estou triste!

Virgilio Brandao disse...

Sorry pela violência das imagens, mas...
Abraço fraterno
PS: pois é, ninguém fez nada; a não ser «divertir-se».