quarta-feira, 13 de Maio de 2009

  • FINISTERRA
Todos os grandes poetas tiveram uma musa
e um espartilho de alma e verbo.
Eu, como não sou grande nem quero,
tenho-te a ti – tecedora das horas-sonho.

Onde tu estás, seiva, tudo começa – termino.
.
Imagem: Milo Manara (inspirado em Danae de Gustav Klimt?)

Sem comentários: