domingo, 13 de Dezembro de 2009

  • POEMA SALGADO

    Eu nasci na ponta-da-praia
    por isso trago dentro de mim
    todos os mares do Mundo

    Meu correio são as ondas
    que me trazem e levam
    recados e segredos

    E meus bilhetes
    (meus bilhetinhos de saudade)
    são suspiros salgados
    que as sereias recolhem
    da crista das ondas

    Nas conchas e búzios
    de todos os mares do Mundo
    ficaram encerradas
    minhas canções de amor

    Que eu nasci na ponta-da-praia
    Por isso trago dentro de mim
    todos os mares do Mundo.
    ----- Ovídio Martins

    Imagem: H.R. Geiger

Sem comentários: