quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009

  • O MEU POETA
«Deveria o Mundo ser assim: pendendo de cores, com Deus esvoaçando nas horas pardas» – disse-me o meu poeta.

3 comentários:

Jessica disse...

Concordo com o seu poeta, VB!
Tenho de conhecer este poeta, um dia destes...
:~)

Virgílio Brandão disse...

Jessica, o meu poeta é meio arredio...
:-)

Jessica disse...

Hum! Acho que já gosto dele.
Não devemos nunca perder o lado arisco da vida! ;)

Por falar em arredio, por onde anda o nosso amigo Jonas?