sábado, 14 de fevereiro de 2009

  • OS GRANDES GRANDES POETAS DO OCIDENTE
Com toda a subjectividade que isso implica, aqui ficam os nomes dos grandes poetas do ocidente que conheço. Mas, como bem dizia Jorge Luís Borges, a verdade é que não existe poeta, por mais obscuro que seja, que não tenha escrito o «mais belo dos poemas».

Sob pena de ser interminável, ficam estes (a ordem é aleatória) – com uma dose de injustiça, necessária, para muitos:
Homero, Virgílio, Dante, Petrarca, Camões, Shakespeare, Racine, Goethe, William Blake, Puskin, Jorge Luís Borges.


  • Imagem: Luíz Vaz de Camões

2 comentários:

João Branco disse...

Dois nomes me faltam aí: W. H. Auden e Sofia de Mello Breyner Andersen

Virgílio Brandão disse...

João, sei... nomes como TS Eliot. Auden, Tagore... mas para a lista não ser interminável não continuei (fiquei por um mágico doze).

Gosto imenso da poética da Sophia de Mello Breyner Anderson (tive a oprtunidade de privar com ela em Lisboa e era/é uma grande poeta), mas Dulce Maria Loynaz del Castillo, Florbela Espanca ou Emily Dickinson, por exemplo, são nomes que preferiria a ela. Mas essas coisas são mesmo subjectivas.

Foi, creia-me, uma tarefa penosa para o meu gosto poético e o meu sentido de justiça.

Abraço fraterno