sábado, 2 de maio de 2009

«As gajas já nascem cruéis!» – diz o peixinho Jonas.
Imagem: Gigi Edgley

6 comentários:

Jessica disse...

E os homens já nascem com aquele cromossoma que a bola e a mulher são propriedades, coisas dele, que dispôem quando quiserem e onde quiserem..., não é VB?

rsrsrsrsrsrsrssr

Sábado bom
;)

Virgílio Brandão disse...

Não sei, Jessica... não sei mesmo. O que sei é que eu não vejo as coisas deste modo, mas todos temos a liberdade de dizer o que pensamos. Aliás, eu defendo o «direito à asneira».

Agora, quem diz o que aí está escrito é o Jonas... e deve ser lido no seu contexto. Bem engraçado, diga-se de passagem.

Já agora: como vai o idílio entre os dois?
:-)

Jessica disse...

Vai mais ou menos. Ele não quer o Gromiti que lhe comprei com todo o amor e carinho :(

Acho que todos temos direito à asneira, só que dependendo do nível académico a asneira deve ser menor, ou não?

Continuação

;)

Virgílio Brandão disse...

Já vi muitos amores começarem por muito menso que um gromiti (não fazia a mínima ideia do que era isso...).

O grau da asneira, Jessica, não tem a ver com o nível ou grau académico, não! Terá mais a ver com o nível de água...

:-)

Nita disse...

Joninhas,
Com que então afirmas que as gajas já nascem cruéis.
haaaaaaaaaaaahhhhahahahaahahahah
Não me digas que foi pelo "medo" da crueldade delas que andaste tão largo tempo desaparecido.
Aí no teu aquário é que estás mesmo bem. "Te sentes em casa" pois, AS GAJAS, para te ENGATAREM teriam que mergulhar profundamente,
ou lançar as redes??? mas, tendo em conta as tuas ESPINHAS. hahahahahhaahahahah ha ha ha .

E não apareças muito à superfície do teu aquário, senão... peço ao Virgílio para soltar o GATO dele.
ahahhahh aha hahaha.
Cuide bem dos "berloques" para as bandas do sul, ok Joninhas. hahahahah
Tinha imensas saudades tuas.
abraço daqui de Rotterdam.

Bom fim de semana e curte uma "água fresquinha e límpida".

Jonas disse...

Nita, Nita ,Nita
Tu é que eras moça para me amarrares ao filtro do aquário e fazeres de mim o que quisesses...eras ou não eras ? pena estares tão longe...