sábado, 24 de outubro de 2009

  • MANUEL VEIGA E O LEILÃO DO DIA DA CULTURA

Acabo de ouvir algumas declarações do Manuel Veiga, Ministro da Cultura, no programa Ao Sábado da RCV. E teve uma ideia maravilhosa: leiloar o dia Nacional de Cultura a ilha, isto é a Câmara Municipal, que der mais, ganha. Deus! E depois acrescenta que a cultura é de todo o país, e que algumas ilhas não dispoem de condições necessárias para acolher as celebrações do Dia Nacional da Cultura. Mas, não é ao Governo de que faz parte que deve(ria) criar essas condições, desenvolvendo e promovendo o desenvolvimento das ilhas? O que devo dizer? No comments! At all.

Ah, parece que — pela forma como fala — o Ministro da Cultura não se considera remodelável. Depois se verá, a semana e o novo ciclo ainda não começou — acho e diz-me o meu oráculo. Será que o Ministro da Cultura pensa que o povo é pateta, que não ouve, não vê e não fala? Não creio, e isso é que me espanta ainda mais: o silêncio tumular, a falta de reacção — de muitos e demasiados.

A oposição não pode limitar-se a mudar de líder, e ficar na mesma: adormecida. Não pode, não.

Imagem: Salvador Dali

4 comentários:

Tchale Figueira disse...

Veiga perdeu a noçao do ridiculo. De folcorista da cultura agora tambem é leiloeiro da cultura. Se o Primeiro ministro aceita as baboseiras do homem,neste caso ele é mais tonto do que o Veiga

Virgílio Brandão disse...

Bem, o que é claro é que o Ministro da Cultura tem um apoio considerável no seio do actual Governo...

Mas pior do que dizer algumas coisas sem nexo, é não ter-se conciência do que se diz.

Abraço fraterno

Amílcar Tavares disse...

Uma tristeza!

Ariane Morais-Abreu disse...

O que entende a oposiçao da cultura? Nem moveu perante a oficializaçao forçada e ilegal do Alupec, quanto menos perante assuntos de segunda importância. Tem como principal preocupaçao/obsessao e prioridade absoluta: tomar o lugar, as regalias e o poder do inimigo politico, e pouco importa a maneira!!