quinta-feira, 12 de Junho de 2008

video

  • HUMANA CONDITIO

A «JUSTIÇA» DAS LAPIDAÇÕES

As mulheres sofrem, em todo o Mundo, toda a espécie de vitupérios, discriminações e violências – física, social, psicológica... No mundo islámico o adultério, ser mãe solteira ou o não cumprimento das regras sociais instituídas e que colocam as mulheres num limbo social é punido com a lapidação - morte por apedrejamento.

Em nome da lei, da justiça e de Deus - dizem. Na verdade é em nome do sadismo puro e simples e que revela a maldade extrema que o homem pode transportar. A violência – seja qual for a sua forma – sobre as mulheres, as crianças e os idosos é, claramente, a revelação de uma regressão civilizacional.

Isto não é cultura! Isto não é justiça! Isto não aplicação da lei! Isto é barbárie, mal radical! Há quem, também na nossa terra, atire outras pedras contras as mulheres; em nome de uma moralidade troglodita que busca (como se diz pelos lados do Paul) «evitar que esse vírus se alastre mais!». No caso o vírus de uma natural condição feminina. Uns lapidam o corpo; outros, a alma. Ah, pois sim... E não digo mutatis mutandis, não!


  • A visualização deste vídeo não é aconselhável à pessoas sensíveis ou impressionáveis.