sábado, 28 de Novembro de 2009


A lua-de-mel pode ser... violenta.

Sem comentários: