quinta-feira, 5 de Novembro de 2009

  • EU E O MEU POETA

Hoje, no balanço do meu dia, disse ao meu poeta:
— A única coisa que a democracia não pode dispensar, além das pessoas, é a crítica.

E sorriu, o meu poeta. O meu poeta sorriu…

Imagem: Gregoriana, Antonio Capel

Sem comentários: